segunda-feira, 22 de março de 2010

Antigo Egito


Imagem retirada de Livro dos Mortos: Anubis, o Deus da Morte, mumificando o Faraó.

O Antigo Egito desenvolveu uma arte fundamentalmente funerária e religiosa, de extrema rigidez estilística cujas imagens tiveram, não só o papel de registrar os feitos e a vida de grandes reis e príncipes, mas também de instruir seus espírios, também chamados de Ka ou Ba, à vida após a morte do corpo.


Representação do KA (braços em forma de U)

O tamanho rigor da cultura visual Antigo Egito advém de uma sociedade extremamente rígida em todos os aspectos politicos, econômicos, religiosos e culturais. Durante aproximados 40 séculos, as formas de representação seguiram um padrão mais ou menos similar em termos de hierarquia, temática, técnicas e valores formias presentes nas imagens criadas.
O melhor exemplo é o conjunto de regras de representação que chamamos de Leis da frontalidade.

Pelas leis da Frontalidade representado deveria estar imóvel (mesmo quando fosse pintado em movimento!!), o tórax deveria ser representado sempre de frente, a cabeça de perfil, o olho de frente, os pés e mãos de perfil mostrando apenas um dos lados, direito ou esquerdo. Homens tinham a pele mais escura que as mulheres, os tamanhos dos retratados seguiam leis de hierarquia social e não de escala humana real, não havia preocupação alguma com a representação do espaço tridimensional, e assim por diante.


Regra da forntalidade


Frontalidade de tronco, cabeça de perfil, olhos de frente, ambas as mãos são direitas.


Detalhe mostrando os pés, ambos são os pés esquerdos, observem o dedão.


Hierarquia na escala humana. Observe que as escravas são bem menores que a provavel princesa representada muito maior. Outra curiosidade é que quanto menor for importância social do pessoa pintada, menos rígida será sua representação. Veja que as escravas tampouco são pintadas segundo as leis rígidas da frontalidade, se movem mais, têm o tórax em perfil, etc.

Mas apesar das leis rigorosas na representação encontraremos na arte egipcia imagens de extrema beleza, criativdade e carredas de significados mágicos e religiosos.


Jóia de Tuntakamon com símbolos religiosos do Egito antigo: escaravelho, falcão, Globo alado (acima do escaravelho/falcão)


Isis, pintura de um sarcófago.

E como toda regra tem sua excessão, houve um momento revolucionário atualmente identificado como período amarniano. Akenaton, ou Amenophis IV, foi um faraó visionário que virou o Egito de cabeça pra baixo. Sua nova abordagem religiosa faz com que, pela primeira vez na história antiga, o homem viva a experiência do monoteísmo com o o Deus único ATON. E também, pela primeira vez na história, temos uma cidade projetada, Tell-AMARNA.


Simulação 3D do que pode ter sido Amarna.


Amarna nos dias de hoje

O período amarniano é marcado por uma arte muito mais livre e menos dogmática do que tudo que havia sido produzido antes no Egito. Porém, com o desaperecimento de Akenaton, tudo volta ao normal, Amarna é destruída e abandonada, Tebas volta a ser centro econômico e capital do Egito, os antigos deuses voltam a ser adorados e a arte é novamente feita segundo as leis rígidas da frontalidade.


Akentaon e Nefertiti, o faraó e sua rainha, período amarniano.

AULA PARA DOWNLOAD

15 comentários:

  1. é muito legal essas imagens do egito
    essas imagens são do egito antigo
    vcs também podiam falar também do rio
    Nilo,iria ser muito legal.

    ResponderExcluir
  2. nossa essas fotos são muito doara eu to fazendo um trabalho para a escola sobre o Egito

    ResponderExcluir
  3. Excelente tbm vou fazer um trabalho para a escola
    muito obrigado Beijoos

    ResponderExcluir
  4. gostei das pulblicações sobre amarna, muito bom imagens sobre simulação de como era a cidade de aton

    ResponderExcluir
  5. quanto mais informações puderem disponibilizar será maior o nosso conhecimento,pois o Egito antigo continua a ser um enigma!

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito das fotos serviram para o meu trabalho de história,e também ajudou-me a desenvolver mais sobre os assuntos que eu achei dificil.Tchau muito obrigado!!

    ResponderExcluir
  7. muito massa gostei cara

    ResponderExcluir
  8. nossa essas fotos sao mto interesantes se eu levar um tra balho desses pra escola levaria um dez

    ResponderExcluir
  9. Gostaria de saber como foi possível colocar uma rocha (pedra ) de 2.500 toneladas no topo da pirâmide?
    Se existem cálculos que cerca de 150 mil homens trabalhavam nas pirâmides, quem plantava, o que comiam??

    ResponderExcluir
  10. Vocês notaram que todos as imagens até mesmo das escravas tinha algo na cabeça brinco ou colares

    ResponderExcluir
  11. Vcs estão vendo "José do Egito" !?!?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai tudo toma no cuuu bando de carai

      Excluir
  12. valeu manos e manas mais não era isso q eu queria

    ResponderExcluir
  13. gostei as imagens muito legauis

    ResponderExcluir